Proteger dados dos clientes é diferencial decisivo para empresas

Atualmente a relação entre cliente e empresa ganhou mais um importante elemento, a segurança dos dados pessoais.

Deixando de ser apenas uma relação de prestação de serviços, compras e vendas, essa relação passa também pelo auto grau de confiança.

Um fator de suma importância, que impulsionou ainda mais esses elementos de segurança foi à aprovação da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

Pontos mais importantes da LGPD

Segundo a publicação STJ (Superior Tribunal de Justiça), os elementos mais importantes que fundamentam essa lei são:

– O respeito à privacidade;
– A autodeterminação informativa;
– A liberdade de expressão, de informação, de comunicação e de opinião;
– A inviolabilidade de intimidade, da honra e da imagem;
– O desenvolvimento econômico e tecnológico a inovação;
– A livre iniciativa, a livre concorrência e a defesa do consumidor;
– Os direitos humanos, o livre desenvolvimento da personalidade, a dignidade e o exercício da cidadania pelas pessoas naturais.

Dentro das grandes corporações, a adequação a essa realidade é considerada como um grande diferencial.

Em entrevista a revista Época NEGÓCIOS, a vice-presidente de compliance, governança e sustentabilidade da Oi, Renata Bertele, destacou a importância dessa proteção de dados:
“Não tenha dúvida que é um diferencial competitivo e aqui na Oi entendemos que é um elemento fundamental para a construção das relações de confiança que precisamos estabelecer com nossos clientes, futuros clientes e todos que se relacionam com a gente”.

Com as concorrências cada vez mais acirradas, o que certamente irá fazer a diferença será uma sólida relação de confiança entre empresa e clientes.

Ou seja, uma profunda relação com empatia e segurança, será primordial para o sucesso já nos dias atuais, e ainda maiores nos negócios do futuro.

Frente à necessidade de preservação das informações, os investimentos em cibersegurança vêm crescendo de maneira significativa. Isso porque os danos causados por um vazamento de informações têm impactos negativos incalculáveis.

O que as pesquisas dizem sobre a relação de confiança dos clientes?

Segundo uma pesquisa recente realizada pela consultoria McKinsey com citação do escritor best-seller Andrea Lorio, especialista em transformação digital, mostrou que os setores de saúde e finanças possuem a maior confiança dos clientes.
Dos clientes que participaram dessa pesquisa, 44% disseram confiar plenamente no cuidado de seus dados por esses setores. Já no setor de alimentação e varejo os percentuais ficam entre 10% e 20%.

O que chamou mais a atenção, é que nenhum setor atualmente ultrapassa a margem dos 50% em confiança por parte dos clientes. A restauração dessa confiança passa por um longo caminho de construção, empatia e segurança.

Em síntese, o atual cenário propõe uma adaptação tecnológica e um olhar mais focado em como trazer mais segurança na relação entre cliente e empresa.

Gostou do conteúdo?
Visite nossas redes e saiba ainda mais sobre os impactos digitais nos negócios do futuro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.